terça-feira, 7 de abril de 2015

Apagar o incêndio ou criar uma cortina de fumaça?

Querem apagar o incêndio
ou criar uma cortina de fumaça?
Assistimos há seis dias o lamentável espetáculo no qual um incêndio queima milhões de litros de combustível por dia nos tanques da empresa Ultracargo, em Santos-SP.
O que a população não sabe é que não estão tentando apagar o fogo. O resfriamento dos tanques com água, como vem sendo feito, não se propõe, de forma alguma, combater o incêndio, mas tão somente evitar que ele se espalhe sem controle e provoque uma catástrofe maior.

Combate a incêndio em tanques de combustível só é possível com o uso de espuma ou pó químico, que podem ser pulverizados sobre o tanque por meio de bombas apropriadas, existentes em todas as instalações de armazenamento de combustíveis conforme exige a Norma NBR 7505, ou então com o uso de aviões.

A mim, me parece muito mais que o propósito dessa operação não passa de uma cortina de fumaça para atrair a atenção da mídia, enquanto continuam os desmandos da política brasileira.

[Marcio Almeida é Especialista em Engenharia de Segurança pela Fundação Dom Cabral / PUC-MG]

Nenhum comentário: